O Evento

O Caipyra é um evento inspirado na Python Brasil (maior evento Python da América Latina) e visa, sem fins lucrativos, disseminar conhecimento sobre diversas áreas da tecnologia.

Como o próprio nome já diz, o Caipyra, é um encontro organizado pela comunidade Python do interior de São Paulo, para pessoas interessadas em conhecer ou se aprofundar nesta linguagem, porém aberto a diversas tecnologias que são trazidas e abordadas pelos nossos ilustres convidados.

O evento está na sua terceira edição e será realizado na cidade São Carlos - São Paulo, no Instituto de Ciências Matemáticas e Computacional na Universidade de São Paulo (USP).

Venham compartilhar suas experiências junto à nossa comunidade!

Inscreva-se

Já contabilizamos a quantidade de paçoquinha e quentão para atender a todos! Corre que já está no 3º lote!

Garanta já seu ingresso

Siga a gente nas redes sociais

Pic 01

Django Girls (8 de Junho)

Django Girls é uma iniciativa internacional que busca aumentar a diversidade no mundo da tecnologia ensinando mulheres programação num workshop de um dia.

Neste workshop, uma turma de 30 mulheres com ajuda de suas treinadoras irão aprender a construir e fazer o deploy de uma aplicação web usando HTML, CSS, Python e Django.

Pic 02

Palestras (9 e 10 de Junho)

Como o evento é feito para a comunidade Python, o Caipyra abriu espaço para qualquer pessoa submeter palestras para uma votação aberta pelo SpeakerFight.

Além das palestras tradicionais, durante o evento irão ocorrer Lightning talks, onde qualquer pessoa presente pode fazer uma apresentação curta, de 5 minutos, sobre o tema que quiser. Só não vale quebrar o código de conduta.

Agenda

Save the Date!

Keynotes

Conheça os keynotes presentes nesta edição!

Palestras

Auditório A: Prof. Dr. Fernão Stella de Rodrigues Germano - Bloco 6 ICMC-USP

Auditório B: Prof. Dr. Luiz Antonio Favaro - Bloco 4 ICMC-USP

P: Palestras em paralelo

Dia 09/06 - Sábado

08:00

Credenciamento

09:00 Auditório A

Abertura


Grupy Sanca
Boas vindas e apresentação do evento.
09:30 Auditório A P

Indicadores Inteligentes para Detecção de Epidemias de Dengue através do monitoramento de Redes Sociais em Tempo Real


Jadson José Monteiro Oliveira

A dengue é uma das maiores preocupações para a saúde brasileira devido ao aumento no número de casos ao passar dos anos e ao seu potencial devastador para a saúde humana. Como poderíamos utilizar a grande quantidade de dados gerados nas redes sociais como auxílio para a tomada de decisões e para o desenvolvimento de ações reativas e proativas, com o objetivo de tornar o saneamento público mais eficiente e eficaz? Nesta palestra, apresentarei como podemos construir indicadores inteligentes para monitorar indícios de casos de dengue, utilizando técnicas de mineração de textos e algoritmos de aprendizado de máquina, com processamento escalável e em tempo real, através do Spark Streaming e da linguagem de programação Python.

09:30 Auditório B P

Hey físicas e físicos! Vocês têm um minutinho para ouvir a Pylavra da serpente quântica?


Krissia Zawadzki

O número de pacotes open source em física vem crescendo nas últimas décadas e, em especial, implementações robustas já estão disponíveis para se estudar sistemas quânticos. Recentemente, em minha pesquisa sobre partículas quânticas interagentes, deparei-me com um pacote sensacional implementado em Python: o QuTip. Com uma interface bastante amigável com a qual é possível investigar sistemas que aparecem corriqueiramente na vida de um pesquisador na nossa área, o QuTip tornou-se então um dos meus pacotes favoritos. Nesta apresentação, vou contar a história de um dos projetos desenvolvidos com o uso deste pacote, no qual estudamos poucos elétrons interagindo em um regime em que coisas bastante ousadas acontecem. Vou contextualizar brevemente o nosso problema e ilustrar o passo-a-passo de sua solução, desde a implementação até a elaboração de gráficos coloridos. Sintam-se convidados a acompanhar-me nessa aventura no mundo subatômico.

10:30

Coffee Break

Típica parada pra comer e prosear, sô!

11:00 Auditório A

Teoria do Aprendizado Estatístico: Como garantir que Algoritmos de Aprendizado de Máquina funcionam?


Prof. Dr. Rodrigo Mello

Iremos abordar brevemente a Teoria do Aprendizado Estatístico e como ela pode ser aplicada para garantir que algoritmos de aprendizado de máquina supervisionados funcionam em cenários do mundo real. Muitas pessoas utilizam esses algoritmos sem sequer se questionarem sobre a validade dos resultados obtidos.

12:00

Almoço


Não Incluso
13:40 Auditório A P

Visualizando query SQL a partir do ORM Django


Beatriz Uezu

Nessa palestra vamos entender como funciona ORM Django e como as ORM são representadas em SQL

13:40 Auditório B P

Computação Neuromórfica - O que é isso??? Como se usa Python Nisso??


Caroline Dantas

Chegamos em um momento que estamos perto do limite da Lei de Moore, e as pesquisas para novos caminhos na computação estão cada vez mais efervecentes. Venha descobrir o que é a Computação Neuromórfica. Como ela afeta as nossas vidas, e o desenvolvimento social a partir dessa novo campo de pesquisa tecnológico. Também será abordado como utilizar as bibliotecas Python, as diferenças e similaridade da computação neuromórfica e neurociência computacional e como iniciar na área.

14:30 Auditório A P

Microservices em Python: desafios e soluções


Guilherme Vierno

Microservices é uma buzzword do momento em arquitetura de software, uma tendência crescente en grandes produtos no mundo inteiro. Será mostrado o que são, quais seus principais benefícios, desafios e como o Python nos ajuda a construir tais aplicações. Veremos como as principais bibliotecas e frameworks Python podem nos ajudar ao desbravar esse novo mundo e algumas técnicas empregadas para atingir resiliência e escalabilidade. O case da globo.com será usado para ilustrar, mostrando como matamos um monolito django de 8 anos para usar microserviços.

14:30 Auditório B P

Internet Health Report: Cinco tópicos-chave determinarão o futuro da Saúde da Internet


Geraldo Barros

Vivemos em um ambiente político complexo, de movimento rápido. À medida que as políticas e leis em todo o mundo mudam, todos nós precisamos proteger nosso maior recurso global compartilhado, a Internet. A saúde na Internet não deve ser uma questão partidária, mas sim uma causa em que todos devemos nos envolver. E nossas escolhas e ações afetarão a saúde futura da Internet, para melhor ou para pior. Este ano, a Mozilla lançou a nova versão do Internet Health Report, um relatório que fornece um instantâneo de aspectos saudáveis e não saudáveis da internet em 2017, ao mensurar a saúde da Internet nós podemos reconhecer onde a Internet é saudável e dar passos positivos para torná-la mais forte e compreendendo onde está em risco podemos evitar ações que a enfraqueça.

15:30

Coffee Break

Típica parada pra comer e prosear, sô!

16:10 Auditório A

Lightning Talks


Qualquer pessoa presente pode fazer uma apresentação curta, de 5 minutos, sobre o tema que quiser.

16:50 Auditório A

Hackeando a urna eletrônica brasileira com o Python


Prof. Dr. Paulo Matias

Desde os primórdios, linguagens de script são de extrema valia para a elaboração rápida de exploits. Já há alguns anos, Python tem sido largamente adotada pela comunidade de segurança, dando origem a excelentes frameworks, como o pwntools. Nesta palestra, apresentaremos como o pwntools foi útil para hackear a urna eletrônica brasileira durante os Testes Públicos de Segurança organizados pelo TSE no final de 2017.

Dia 10/06 - Domingo

08:00

Credenciamento

09:00 Auditório A

Lightning Talks


Qualquer pessoa presente pode fazer uma apresentação curta, de 5 minutos, sobre o tema que quiser.

09:30 Auditório A

Processamento Paralelo para Pythonistas


Juliana Oliveira

Mais de dez anos depois do lançamento do primeiro processador multinúcleo no mercado, ainda precisamos de intensas horas de StackOverflow pra conseguir rodar mais de um processo ao mesmo tempo. Vamos descobrir — na prática — o que funciona, o que não funciona, as bibliotecas e como fazer processamento paralelo em Python.

10:30

Coffee Break

Típica parada pra comer e prosear, sô!

11:00 Auditório A P

Extraindo dados da internet usando Scrapy


Renne Rocha

Apresentando as principais características do Scrapy, um framework open-source que facilita o desenvolvimento de aplicações para navegação e extração de dados estruturados em páginas web, através de exemplos práticos de situações reais.

11:00 Auditório B P

Data Visualization in Tableau with TabPy


Nilton Kazuyuki Ueda

Tableau é um software de visualização de dados, BI & analytics amplamente conhecido no mercado corporativo global, avaliado 6 anos consecutivos pela Gartner como best tool em analytics. A proposta é apresentar conceitualmente, e após o nivelamento dos participantes, apresentar de maneira prática (hands-on) como é a implementação e utilização no dia a dia de uso. Como adicional ainda vou abordar as possibilidades e formas como o Tableau pode apoiar na implementação dos projetos de intelligence.

12:00

Almoço


Não Incluso
13:40 Auditório A P

Introdução ao Machine Learning e NLP


João Rafael Martins

Apesar de ser um dos assuntos mais mencionados na computação, muitas pessoas ainda não sabem o básico de ML ou possuem a impressão de ser algo complexo e difícil de aprender. O objetivo dessa palestra é mostrar algumas ferramentas e serviços de ML e processamento de linguagem natural, que podem ajudar a todos na automatização de tarefas.

13:40 Auditório B P

Exceptions: e porque não são só para erros


Danilo Roberto Shiga

Aspectos práticos do uso de exceptions no dia-a-dia e não apenas como resultado de erros de programação. nível iniciante.

14:30 Auditório A P

Tecnologia cívica: o que importa são as perguntas!


Eduardo Cuducos

O Brasil é um país que tem muitos dados abertos – nossa Lei de Acesso à Informação é referência mundial. Mas isso, por si só, não dá a força necessária para projetos de tecnologia cívica gerar impacto. Essa palestra traz a sociologia e a filosofia para discutir quais elementos de projetos de tecnologia aumentam o potencial de impacto social e de engajamento de projetos de tecnologia cívica. O foco tem que ser não apenas em dar roupagem nova aos dados abertos, mas em usá-los para fazer (e responder) perguntas sobre como o governo tem cuidado da sociedade.

14:30 Auditório B P

Python na Astronomia


Vitoria Ongaratto Baldan

A astronomia e astrofísica moderna vem se apoiando cada vez mais no Python e em suas ferramentas. Nessa palestra veremos o porquê do Python estar tomando espaço na área, quais são suas aplicações atuais que vão desde (e principalmente) o data mining, até à programação de partes dos grandes telescópios modernos que estão sendo construídos. Também passaremos brevemente por um tour pelo ambiente Jupyter e descobriremos como ele participou da descoberta de uma das maiores sensações do momento na física: as ondas gravitacionais.

15:30

Coffee Break

Típica parada pra comer e prosear, sô!

16:10 Auditório A

Lightning Talks


Qualquer pessoa presente pode fazer uma apresentação curta, de 5 minutos, sobre o tema que quiser.

16:50 Auditório A

Como funciona um time remoto de desenvolvimento


Osvaldo Santana

Nessa apresentação vocês poderão ver como construir e expandir um time remoto e como trabalhar nele. Entenderão como adaptar todas as dinâmicas e processos de trabalho para garantir que todos trabalhem de forma organizada e produtiva onde quer que estejam.

17:50 Auditório A

Encerramento


Grupy Sanca

É hora de cumprimentar e dar tchau pro pessoar!

Sprints

11/06 - Segunda-feira

Os sprints de desenvolvimento são uma parte chave de grande parte dos eventos de Python ao redor do mundo. Durante os sprints os participantes tem a chance de contribuir para projetos open-source em dias intensos de aprendizagem. Novatos podem trabalhar com pessoas mais experientes proporcionando um ótimo ambiente de troca de experiências para todos.

É importante que os times trabalhando em um sprint mantenham o foco (mas também o humor). O sprint é o momento para testar, corrigir bugs, adicionar novas features e melhorar a documentação de projetos que você utiliza e gostaria de contribuir. O sprint também é uma ótima oportunidade para fazer amigos, networking e criar relações que se extenderão até após a conferência.

Os sprints do Caipyra 2018 acontecerão no dia 11 de junho no ONOVOLAB (R. Aquidabam, 1 - Centro, São Carlos - SP) e não terão custo adicional para os participantes do evento. Atenção porque as vagas são limitadas e as inscrições estarão disponíveis durante o evento.

Locais

Pic 01

Palestras, Tutoriais & Django Girls

Universidade de São Paulo (ICMC - USP)

Avenida Trabalhador Sancarlense, 400 - Centro
São Carlos - SP, 13566-590

Como chegar?
Pic 02

Sprints

ONOVOLAB

R. Aquidabam, 1 - Centro
São Carlos - SP, 13560-120

Como chegar?

Patrocinadores

Quer patrocinar? Manda um e-mail pra gente!

Platina



Ouro



Prata



Bronze



Apoio



Realização